Búzios! Bar do Zé! Não imagino combinação mais perfeita!

O Bar do Zé é a cara & o astral de Búzios!

Primeiro devo explicar que o “Bar do Zé” não é exatamente um “bar”… O que, claro, não te impede de ir lá e se esbaldar apenas com caipivodkas ou champagne geladinho. Mas o “Bar” é, na verdade, um restaurante bacanérrimo! Lindo, charmoso, badalado, e a comida deliciosa! À noite o ambiente é à luz de velas, o que dá um ar ainda mais aconchegante. Ah, e como se não bastasse, fica de frente pro mar, vista que você tem de qualquer das mesas – e repare bem, olhe ao redor, respire e sinta – você está em Búzios! Bem na Orla Brigite Bardot!

O astral do lugar começa lá dentro, na cozinha, pelas mãos do chef Fabiano que, com seu sorriso contagiante (é só ver a foto), prova que é possível juntar talento e simpatia.

Aí você vai me perguntar: “e o Zé?!” O Zé tá logo ali, sempre no restaurante, é só reparar: discreto, gentilíssimo, invariavelmente de calça jeans e camiseta, e com ares que não deixam qualquer dúvida: é surfista! Fácil reconhecer!!!

A Receita…

No começo de 2011, “meio” na cara de pau, falei pro Zé da minha idéia de fazer a primeira receita do blog novo lá (eu mesma nem imaginava que ia demorar tanto para lançar o novo blog…), e com um ingrediente em particular: champagne – ADORO! Ele concordou! Dias depois o chef Fabiano preparou, de surpresa, um delicioso risoto – eu lá, de frente pro mar, com uma taçinha de champs, feliz da vida, brindando… TUDO!

O risoto não está no cardápio, mas o Fabiano disse que é só pedir que ele prepara na hora! Hummm, já estou com água na boca para voltar lá logo e repetir!

Zé, Fabiano, desculpem o atraso… E muito obrigada!


Ao Risoto! Champagne, Pera & Lagosta! (com meus “pitacos”)

Ingredientes (2/3 pessoas):

2 xícaras de arroz arbório
4 rabos de lagosta/lagostin
2 copos de Champagne/espumante brut
1 colher de café de açafrão
1 pera (tire as sementes e casca e passe no liquidificador com um pouquinho de água)
1 tablete de caldo de legumes
1/2 cebola roxa pequena raladinha
1 Bouquet Garni
Manteiga para preparar as lagostas
150 ml de creme de leite fresco
Sal a gosto
1 pera

Primeiro, coloque para ferver numa panela grande – 1 e 1/2 litro de água, 1 copo de Champagne, o bouquet garni, 1 colher (sopa) de cebola e 1 tablete de caldo de legumes. Mexa até dissolver o caldo de legumes e deixe ferver. Essa será a água que vai molhar o risoto aos poucos até que ele ficar pronto.

Das 4 caudas de lagostas, 2 serão guardadas inteiras para colocar encima do risoto e 2 serão preparadas antes para colocar a carne misturada ao arroz. Então, lave e tire a casca daquelas 2 que serão incorporadas ao arroz, pique a carne em cubos grandinhos (do tamanho de um camarão médio) e tempere com sal. Numa frigideira ou grelha com manteiga (1 colher de sopa) bastante quente coloque os pedaços de lagosta e grelhe por por 2 ou 3′. É muito rápido, do contrário ficará borrachuda.  Separe esses pedaços que serão colocados no arroz.

As outras 2 caudas você já deixa temperada porque assim que o risoto estiver pronto você vai grelhá-las para colocar encima do arroz, uma em cada prato.

Basicamente o risoto é preparado juntando água aos poucos (1 ou 2 conchas por vez) e mexendo sem parar. Na medida em que ele vai secando você vai colocando mais água e alguns ingredientes até ele ficar cozido ao dente.

Vamos ao nosso: em outra panela grande, aqueça 1 colher (sopa) de manteiga e 1 colher (sopa) de cebola picadinha. Coloque o arroz e mexa. Em seguida jogue 1 copo de Champagne à mistura, mexa e deixe evaporar um pouco (1 a 2′minutinhos). Coloque 2 conchas daquela “água temperada”, e mexa suavemente sem parar. Quando sentir que a água está secando, coloque mais 1 ou 2 conchas de água, e continue mexendo.

Após uns 10′, coloque a pera batida no liquidificador (pode deixar uns pedaçinhos de pera inteiros) no arroz. Quando der 15′ (lembre-se que você estará mexendo o arroz sem parar) você já pode começar a provar o risoto para sentir o ponto de cozimento. O meu, em geral, demora uns 20′ para ficar al dente. Lá pelos 15′ você já pode misturar os pedaços de lagosta. Coloque também uma colher de (café) de açafrão – ele vai dar a cor amarela à mistura – se precisar coloque um pouco mais.

Quando estiver al dente, desligue e despeje o creme de leite fresco misturando bem. Prove o sal e acerte se for necessário. Tampe a panela.

Grelhe as caudas que estavam separadas com a parte da carne para baixo. Frigideira/grelha bem quente. Lembre-se de temperá-las com sal e pincelar com manteiga (ou colocar a manteiga na frigideira – só não deixe esquentar demais porque a manteiga queima…). Quando dourar retire.

Sirva uma boa porção em cada prato e coloque por cima a cauda de lagosta que você acabou de grelhar.

Hummmm…. Delícia! Sucesso absoluto!

Chef Fabiano!

«

Um comentário

  • Cecília | 14/06/2012

    Anaaaaa, o blog novo ficou lindo, maravilhoso!!!! Parabéns!!! E a receita do risoto está dando água na boca. Claro que, no momento, estou mais pra ir até Búzios e pedir ao Fabiano para preparar o prato pra mim (e vou em agosto, aguarde e confie!), mas vou testar a receita com os seus pitacos. Dilíciaaa!! Bjo


Na Cozinha & De Salto Alto

Features Stats Integration Plugin developed by YD